SANEAGO: A CONTA CHEGANDO EM ITUMBIARA 100% MAIS CARA

Acordo firmado com o prefeito  anterior (José Gomes), venderam a SANEAGO para o governo estadual , ninguém ficou sabendo da transação e do valor. Estima-se na época entre R$ 40 á 50 milhões de reais. 

Governo Estadual pagaria uma parcela, colocando  água e esgoto no conjunto habitacional DONÁRIA ROCHA, o  conjunto estava condenado foi construído em cima de uma rocha e dificilmente chegaria água e esgoto nas casas, UMA PREOCUPAÇÃO PARA ZÉ GOMES, O CONJUNTO FICARIA MARCADO NA HISTÓRIA POR TER O NOME DE SUA GENITORA.(Segundo analista habitacional o valor gasto no conjunto, daria para construir mais dois conjuntos habitacionais na época). Outra parcela da venda da Saneago, recapeamento  da vila vitória II

Segundo os mais Entendedores de politica:

 A PRESIDÊNCIA  da estatal  no governador (Marconi Perilo), no comando ficaria com o  grupo do  EX PREFEITO JOSÉ GOMES DA ROCHA,  VERDADE OU MENTIRA ?

Investimentos anunciados  para justificarem  a venda da empresa municipal ao estado.

 A CONTA SALGADA  ESTÁ CHEGANDO !

No município de Araporã-MG  os moradores pagam o valor 70% mais barato do serviço municipalizado.

No município do Panamá o valor da água em torno de 30 reais para casas pequenas e 50 reais para as maiores de consumo. o serviço também municipalizado.

EM ITUMBIARA O PREÇO SIMPLESMENTE VAI DOBRA !

QUEM PAGA 100 PAGARÁ 200 REAIS.

NO DOCUMENTO ASSINADO PELO PREFEITO JOSÉ GOMES DA ROCHA, DECLARAVA O VALOR DO ESGOTO  DE 20%

saneago data de 20 %

O DOCUMENTO NÃO ESTABELECIA O VALOR DO ESGOTO COBRADO QUANDO O SISTEMA DE TRATAMENTO ESTIVESSE PRONTO.

Como diz o ditado tudo que é bom custa caro…

A CONTA CHEGOU …

EM UMA EMENDA DO VEREADOR CAIRO BATISTA 

ASSINADA POR 07 VEREADORES , PELO VICE PREFEITO GUGU NADER , ENTÃO VEREADOR NA ÉPOCA, FOI APROVADA !

A COBRANÇA EM  DOBRO DO VALOR OU SEJA, 100%  PARA O ESGOTO.

LEI DO GUGU

 A PREFEITURA DE ITUMBIARA RECEBERÁ 5% DE TODO ESSE MONTANTE.

o grupo da politica de Itumbiara continuá sendo o mesmo !

AGORA  TEM DINHEIRO PARA PAGAR ARRAIÁ 2017 , 2018 …

TIME DO ITUMBIARA ESPORTE CLUBE  VAI RECEBER DINHEIRO 

DINHEIRO PARA MAIS FOGOS 

DINHEIRO PARA FESTAS.

QUEM VAI PAGAR A CONTA ? 

FIM DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL OU FIM DA MAMATA ?

O valor da contribuição pago pelos trabalhadores corresponde a um dia de trabalho, descontado no mês de março. Profissionais autônomos recolhem a contribuição em fevereiro. Já o valor pago pelas empresas depende de seu capital social.

O dinheiro é repartido entre as entidades que representam o patronato e os trabalhadores, além de uma boa fatia se direcionar aos cofres da União.

No caso do imposto pago por trabalhadores, a divisão é feita da seguinte maneira: 60% para o sindicato representativo; 15% para a federação correspondente; 10% para as centrais sindicais; 10% para a CEES (Conta Especial Emprego e Salário), que alimenta o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), usado, por exemplo, para pagar o seguro-desemprego; e 5% para a confederação correspondente.

No ano passado, quem mais recebeu recursos foi a CEES, com R$ 582 milhões. Das entidades de classe, CUT (Central Única dos Trabalhadores) e Força Sindical estão no topo da lista, com R$ 59,8 milhões e R$ 46,6 milhões respectivamente. Do lado dos patrões, a CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) recebeu R$ 28,7 milhões. Ao todo, cerca de 11 mil entidades receberam os recursos. 

Os sindicatos, federações e confederações de classe — tanto as que representam os trabalhadores como as dos patrões — arrecadaram R$ 3,5 bilhões com a contribuição sindical obrigatória em 2016. Os números são do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), que passou a detalhar as informações apenas em 2015.

Nos últimos oito anos, foram criados no Brasil mais de 250 sindicatos por ano. De 2005 para cá, 2.050 sindicatos surgiram no país, somando 15.007 até a última sexta-feira. Somente neste ano, já nasceram 57 novos sindicatos. E algumas dessas entidades são criadas apenas para arrecadar a contribuição obrigatória, admite o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas. Esses sindicatos movimentam pelo menos R$ 2,4 bilhões, valor do imposto obrigatório em 2011, segundo o Ministério do Trabalho.

De acordo com o Ministério do Trabalho, há neste momento no Brasil um total de 16431 sindicatos, sendo 11257 de trabalhadores e 5174 de empregadores, fora as confederações, federações e centrais sindicais. Esse excessivo volume de sindicatos é sustentado pela “contribuição” (imposto) sindical, recolhida obrigatoriamente pelos empregadores no mês de janeiro e pelos trabalhadores no mês de abril de cada ano. Somente em 2016, os sindicatos receberam 3,5 bilhões de reais retirados a força de trabalhadores e empregadores.                    

images (1)Fonte: http://www.ilisp.org/ 23/01/17

FESTA DO DIVINO PAI ETERNO RECEBE MAIS DE 50 MIL ROMEIROS EM UM DIA

A tradicional Festa do Divino Pai eterno de  Panamá, recebeu no sábado dia  01/07/2017 mais de 50 mil romeiros.

As principais ruas em torno da igreja ficaram lotadas,  mais de dois quilômetros de multidão em  devoção e agradecimento ao Divino Pai Eterno.

A prefeitura de Goiatuba forneceu apoio aos romeiros, demostrado um lado social e humanitário aos pagadores de promessa na rodovia Goiatuba/Panamá, muita elogiada a estrutura digna de uma festa centenária.  capture-20170707-114926

FESTA DO DIVINO PAI ETERNO NO ANO DO CENTENÁRIO EM PANAMÁ-GO

Considerada a segunda festa religiosa do Estado de Goiás, em 2018 a comemoração em louvor ao Divino Pai Eterno  completará 100 anos de história e devoção.

Um século iniciado em 1918 com devoção ao Divino Pai Eterno, a festa iniciou no 22 de junho com caminhada do trevo até a Igreja em orações na via sacra.capture-20170623-145931

Apos a caminhada missa em Louvor ao Divino Pai Eterno  tradicionalmente é servido o famoso caldo para os  devotos.

Dia 23 a Alvorada festiva começou as 04:30 da manhã, acordando os moradores para a tradicional Galinha.

19437349_1435207813239102_26929740203925505_n (1)

A festa vai até o dia 02 de julho, encarramento com a grandiosa procissão e missa ao ar livre em frente a igreja matriz.

Este ano os organizadores sorteará um Carro zero Km, toda renda  revertida ao construção do novo Santuário 19399047_1435208896572327_2254039610694936096_n

Panamá em 2018,   100 anos de tradição e construção do novo Santuário em louvor ao Divino Pai eterno.

foto capa

ITUMBIARA TEM CURA parte II

Perto do arraiá 2017 , funcionários da prefeitura de Itumbiara no Sul de Goiás cruzam os braços (agentes de edemias) segundo reportagem exibida hoje dia  13 de junho 2017  TV  Rio Paranaíba edição do almoço.  funcionários reclamam que o  vice prefeito ficou de resolver, e nada.

Os aposentados e inativos também não viu a cor do dinheiro do  mês de Maio, segundo uma internauta que fez questão de assinar em baixo.(O silêncio é de túmulo)prefeito sumiu

Segundo informação com medo de represarias os contratados também não receberam, já não tem a quem recorrer, o prefeito sumiu e o vice diz não.

Em rede social o vice prefeito discute com uma internauta que reclama do atendimento, Gugu declara que tem mais 600 pedidos na área da saúde para resolver.

Uma pergunta cadê o Prefeito de Itumbiara ?

FESTA DO DIVINO PAI ETERNO DO PANAMÁ-GO PERTO DO CENTENÁRIO

Por volta de 1917 a 1918, Tereza Maria de Jesus, seu esposo Onório Borges do Carmo e mais um grupo de vizinhos iniciaram na antiga estrada que ligava Santa Rita do Paranaíba, Itumbiara à Bananeira, hoje Goiatuba, uma caminhada para rezar um terço em devoção ao Divino Pai Eterno. Reunidos ao pé da montanha, subiam em oração como sinal de sacrifício e como marco inicial da fé ao Divino Pai eterno, fincaram uma cruz ali nas encostas da colina. Foram angariados fundos, junto aos fazendeiros locais e construíram uma capela em área doada pelo casal Onório Borges do Carmo e Tereza Maria de Jesus, inicialmente, um ranchinho feito com folhas de bacuri, um vegetal predominante na região.

Em torno desta capela, surgiu um povoado, que mais tarde recebeu o nome de “Terra Quebrada” em virtude dos grandes declíneos do solo.

Consta como primeiros moradores, o casal doador, José Flausino, Elizia Maria, Jerônimo Valério, João Amâncio e Chico Quati. Ao lado da capelinha construíram uma pequena barraca coberta de palhas para exposição de prendas em leiloes, que recebia dos romeiros deste local e das regiões vizinhas, no intuito de adquirir uma capela maior e mais acolhedora. Por volta de 1928, após a construção de uma capela maior, adquiriram uma imagem do Divino Pai Eterno, trazida de Trindade-Go, onde as pessoas começaram a participar ativamente das rezas dos terços, mesmo tendo que viajar dias, pois o único meio de transporte, era o carro de bois.Eles se alojavam em barracas de palha construídas por eles mesmos. No meio daquele povo simples que rezava agradecendo e pedido graças ao Padroeiro, aconteciam alguns sinais de milagres da presença de Deus. Em virtude do grande número de romeiros que vinham para o festejos, surgiu a necessidade de melhorar a capela, o que aconteceu por iniciativa do Sr. Alvino Marques, que organizou uma comissão para construçãode uma igreja, sendo erguida por José Ferreira de Paiva (José Pedreiro).

A Romaria dessa terra, a cada dia ficava mais intensa, vindo celebrar pela primeira vez na nova igreja o Padre Florentino Bermejo, que sugeriu que mudassem o nome do povoado para “Divinópolis em homenagem ao padroeiro Divino Pai Eterno. O povoado “Terra Quebrada” foi elevado à categoria de Distrito da Comarca de Itumbiara- Go, em 1931, já com o nome de Divinópolis, onde as festividades religiosas tradicionalmente continuavam sendo realizadas com nove dias de celebrações, tendo início no mês de junho, com término no 1º domingo de julho.

Por volta de 1932, imigraram para o Brasil, mais precisamente no Estado de Goiás, no povoado de Divinópolis, um casal de panamenhos oriundos da América Central que passaram a habitar às margens de um ribeirão, o qual, devido ao casal que ali residia, recebeu o nome de ribeirão Panamá. O Vilarejo foi desenvolvendo e se destacando naquela época com a agricultura e a pecuária graças ao seu solo fértil.

Conforme Lei nº 709 de 01 de novembro de 1952, foi criado o município de Panamá, em homenagem ao casal que ali residia, e ao ribeirão que já havia adquirido este nome, desde então se elevou a Comarca, adquirindo autonomia municipal. A tradicional Festa religiosa do município referido, a cada ano foi ganhando destaque. As atividades religiosas se concretizaram mais, vários Padres e Freis vinham celebrar as missas dominicais.

Em 1973, chegou nesta cidade Frei Hugo, o qual criou revolução no processo religioso, transmitindo ao povo um ato caloroso de fé. Demoliu parte da antiga Igreja para ampliá-la e melhorá-la para aconchegar o povo de Deus. Enquanto prosseguia a construção, Frei Hugo e irmã Sensione celebraram missas, organizaram catequeses, reuniões de jovens e de casais nos barracões emprestados pela comunidade local, onde iniciou os primeiros movimentos de cursilho. Frei Hugo foi transferido dessa cidade, a igreja ainda se encontrava inacabada e para substituí-lo veio Pe. José Alemão, dando continuidade aos trabalhos religiosos e materiais para o crescimento da igreja. Iniciou-se então o movimento de casais com Cristo, construíram um salão paroquial, onde trabalhou também de pedreiro.

No ano de 1987, veio para Panamá, o Padre Euclides Bebiano dos Santos, provocando a maior revolução progressiva espiritual e material na história religiosa desse município. Além de incentivar a fé, Pe. Euclides reformou a Igreja por duas vezes, fazendo também a ampliação transformando a igreja em um verdadeiro santuário digno de acolher os filhos dessa terra e os romeiros de várias regiões. Padre Euclides atuou até 1997, sendo transferido para outra cidade, deixando para trás um legado de pessoas que tinham na fé, a esperança de dias melhores. A tradicional Festa do Divino Pai Eterno, até os dias atuais, vem atraindo uma grande romaria, acolhendo o povo que deposita sua fé e agradece os milagres recebidos.

Foi construído, em 1995, a imagem do Divino Pai Eterno, em material bronze, com pintura automotiva, em tamanho real, no trevo de acesso à BR-153. Desde 1996, após a construção das Vias Sacras, com pinturas manuais, do trevo até a cidade, na antiga GO- 210, hoje GO-515, com iluminação em 1998 em todo o percurso, acontece uma caminhada de 8 (oito) quilômetros morro acima, reunindo fiéis de várias cidades circunvizinhas.Os leilões acontecem todos os dias das novenas com prendas diversificadas, que vão desde alimentos, até gado de leite e corte, além das barracas de comidas típicas, parque de diversões, boates e camelôs que movimentam a região central da cidade, onde a festa se realiza.

A organização da festa fica a cargo da paróquia local juntamente com uma Comissão formada anualmente, por pessoas da comunidade, além do apoio maciço da Prefeitura Municipal que dá assistência ao romeiro e visitante, com banheiro público funcionando 24 horas, nas proximidades da festa, com chuveiros quentes e adaptações para crianças e portadores de necessidades especiais. Panamá recebe em média, durante este período cerca de 100.000 pessoas entre romeiros, fiéis e visitantes, sendo considerado como o 2º maior evento religioso do Estado de Goiás.

PREFEITO DE ITUMBIARA RECEBE TITULO DE CIDADANIA EM GOIÂNIA

O título de cidadão foi criado para premiar aqueles que prestaram serviços relevantes à cidade. O prefeito de Itumbiara (JOSÉ ANTÔNIO ) foi homenageado  na Câmara Municipal de Goiânia  pelo serviços prestado a cidade de Goiânia.

Em contra partida escalou seus assessores, secretários, amigos e simpatizantes a fazer um tour pela capital para prestigiar essa honraria, com direito até do cerimonial da prefeitura de Itumbiara.

Honraria definição: manifestação honrosa; graça ou mercê que proporciona honra a alguém.

O prefeito de Itumbiara é conhecido como um ¨POP STAR¨ gosta de aparecer na mídia, tenta chegar perto do saudoso Ex prefeito e finado  José Gomes da Rocha, quando o assunto é carismático, administrativamente muito longe do anseio dos seus eleitores que votaram no Zé elegeram outro Zé.

O Jornal Estadão de Goiás tentou o esclarecimento junto aos organizadores da entrega do titulo de cidadania pelo grande serviços prestado junto a cidade de Goiânia pelo prefeito de Itumbiara (Zé Antônio) até o fechamento da reportagem não obteve resposta.18952708_471540723188126_2889286442078607514_n18952649_471689726506559_5091149564303960097_n